COM O AUMENTO DE CASOS DE COVID-19, DECRETO MUNICIPAL TORNA MAIS RÍGIDO O FUNCIONAMENTO DOS COMÉRCIOS E SERVIÇOS

A partir desta quarta-feira (24) começa a valer em todo o município um decreto atualizado que prorroga a quarentena até dia 28 de junho e restringe um pouco mais o funcionamento dos comércios e serviços.

O município segue as normativas do Pacto Regional e de saúde impostas pelo governo estadual que torna mais rígida a flexibilização dos comércios. Essa atitude, em conjunto com mais 39 municípios, teve que ser tomada por conta do registro de quase 400 novos casos de Covid-19 em uma semana na região, acendendo o sinal de alerta.

Essa medida tem o objetivo de conter a disseminação do novo coronavírus, haja visto que Iacanga registrou somente nesta terça (23) dois casos de Covid-19 e mais um suspeito que aguarda o resultado.

Para o comércio em geral continua o mesmo cenário. O funcionamento é permitido das 10h às 16h, não poderão funcionar aos finais de semana.

A mudança atinge os restaurantes e lanchonetes, ficando proibido o consumo no local. Está liberado apenas para entregas e retirada no balcão.

Os food trucks, trailers, carrinhos de lanches e congêneres não poderão servir no local, apenas oferecer alimentos embalados para viagem, para retirada no balcão, venda por drive thru ou delivery, com encerramento das atividades até às 23h. Está proibido o funcionamento entre 23h às 5h. 

A alteração também se estendeu aos salões de estética e beleza. Eles devem permanecer de portas fechadas, atendendo um cliente por vez e com hora marcada, a ser realizados exclusivamente das 15h às 19h, de segunda a sexta, sendo proibido funcionamento aos finais de semana e feriados.

As lojas de conveniência dos postos de combustíveis estão proibidas de funcionar entre 23h às 5h.

O Decreto também estabelece as advertências e penalidades pelo descumprimento, implicando até em multa.

Maiores informações estão no Decreto Municipal. Clique no link e veja na íntegra:

você pode gostar também Mais do autor