Renda per capta de Iacanga entre as mais altas da região

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística divulgou, ontem, o PIB (Produto Interno Bruto) e Renda per Capta dos municípios brasileiros). A renda per capita é um dos indicadores socioeconômicos que avaliam o grau de desenvolvimento econômico de um determinado lugar. A média é obtida através da divisão do Produto Nacional Bruto (PNB) pelo número total de habitantes.

Iacanga novamente se destacou entre os melhores municípios na região de Bauru com relação à Renda per Capta, resultado de divisão de tudo que é produzido no município dividido pelo número de habitantes.

Confira a Renda per Capta de alguns municípios de nossa região:

– Agudos: 57.977,75

-Pederneiras: 44.601,88

– Iacanga: 40.675,86

– Itapuí: 39.401,34

– Lençóis Paulista: 32.856,85

– Bauru: 31.985,76

– Bariri: 27.075,39

– Jaú: 25.804,11

– São Manuel: 24.608,25

– Cafelândia: 18.841,68

– Macatuba: 16.157,74

– Arealva: 16.448,66

– Pirajuí: 12.620,90

– Piratininga: 12.676,07

– Reginópolis: 12.596,15

– Balbinos: 8.675,75

 

Reconstruindo uma nova Iacanga

Administração: 2017/2020

você pode gostar também Mais do autor