IACANGA CONQUISTA PELO QUARTO ANO CONSECUTIVO O CERTIFICADO DO PROGRAMA MUNICÍPIO VERDE AZUL

Sendo referência estadual no setor do meio ambiente, Iacanga se destacou novamente e conquistou, pelo quarto ano consecutivo, o certificado do Programa Município Verde Azul (PMVA). Este é mais um marco na história da cidade. Dos 645 municípios do estado de São Paulo, Iacanga conquistou a 25ª colocação do PMVA, recebendo a nota 91,08 de 100. O Governo do Estado divulgou nesta manhã de quinta-feira (17), de forma virtual, por conta do pandemia do Covid-19, o ranking dos selo Verde Azul.

O PMVA foi lançado pelo Governo do Estado de São Paulo, em 2007, com o propósito de medir e apoiar a eficiência da gestão ambiental das prefeituras engajadas em inovações ambientais.

Para ser certificado, o município deve estar enquadrado nas 10 diretivas que serão julgadas pelo PMVA. Dentre elas estão: esgoto tratado, conselho ambiental, qualidade do ar, uso do solo, município sustentável, resíduos sólidos, biodiversidade, gestão das águas, estrutura e educação ambiental, e arborização urbana.

Com excelentes resultados, Iacanga tirou 9,33 em esgoto tratado; 9,35 em conselho ambiental; 9,46 em qualidade do ar; 8,32 em uso do solo; 10 em município sustentável; 9,03 em resíduos sólidos; 8,44 em biodiversidade; 8,77 em gestão das águas; 9,75 em estrutura e educação ambiental; e 8,63 em arborização urbana.

É a primeira vez na história de Iacanga que uma gestão conquista o certificado do Programa Município Verde Azul em todos os anos da administração. Isso se deve ao excepcional trabalho que a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente vem realizando desde 2017.

Desde que a atual administração assumiu o poder executivo, Iacanga só cresce no PMVA. Em 2017, o município garantiu a 41ª colocação; em 2018 subiu 20 posições, conquistando o 21º lugar; em 2019 Iacanga permaneceu na mesma colocação, e neste ano, garantiu a 25º posição.

Para se ter ideia, a cidade da região que conseguiu mais proximidade de Iacanga foi Pongaí, que ficou na 63º colocação com 85,47 pontos. Bauru aparece em 89º com 81,57 pontos e Ibitinga obteve a nota 80,15 e o 99º lugar. Reginópolis ficou em 182º e recebeu a nota 45,72. Já Arealva aparece na 262º com 18,41 pontos e Pirajuí ficou em 525º lugar com 6,7 pontos.

“Nossa administração está na direção certa. Nossos parabéns aos funcionários da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente e todas as outras pelo trabalho desenvolvido. Sou grato em ter uma equipe tão qualificada quanto essa. A nossa tendência é só crescer e colocar Iacanga nas primeiras colocações do ranking”, enaltece, o Prefeito Eli Cardoso.

“O Selo Verde Azul não é um trabalho de apenas uma secretaria, ele envolve várias secretarias nesse trabalho no desenvolvimento sustentável do município. Com isso, a gente tem uma melhora significativa da qualidade de vida da população” frisa a Coordenadora de Meio Ambiente, Tamiris Verjião.

Essa é a sétima vez que Iacanga recebe a certificação, sendo a quarta da atual administração, ou seja, 2017, 2018, 2019 e agora essa que bateu o recorde histórico de uma administração em conquistar em todos os anos da gestão o certificado.

você pode gostar também Mais do autor